Data de Hoje
21 February 2024
Foto: Reprodução

Turista é atacado por tubarão e tem braço amputado

Paranaense de 33 anos nadava na Baía do Sueste quando foi atacado pelo peixe; é o 1º caso do gênero registrado no local

Um homem de 33 anos teve parte do braço direito amputado ao ser atacado por um tubarão na Baía do Sueste, no arquipélago de Fernando de Noronha (PE), no final da tarde de segunda-feira (21). O estado de saúde dele é estável.

Paranaense que estava a turismo no arquipélago, localizado a 545 quilômetros do Recife, o homem foi socorrido por familiares imediatamente após o ataque, no qual perdeu toda a região do antebraço, e levado ao Hospital São Lucas.

No local, a vítima foi atendida por uma equipe médica, reforçada por cirurgião, ortopedista e anestesista, todos em Noronha também a passeio. Ainda durante a madrugada desta terça-feira (22), ele foi transferido por aeronave com Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para o Hospital da Restauração, no Recife.

Devido ao incidente, a Baía do Sueste foi interditada para banhos. O Instituto Chico Mendes de Biodiversidade, responsável pela administração de reservas protegidas da União, convidou especialistas e pesquisadores de tubarões para o arquipélago a fim de investigar melhor o ataque. Ainda não se sabe qual espécie foi responsável por ele.

Apesar de fazer parte do Estado de Pernambuco, cuja capital, Recife, é conhecida pela grande quantidade de ataques de tubarão – o que levou os governos locais a instalarem placas ao longo de toda a orla de suas praias alertando para os perigos de se entrar no mar –, até hoje não existia registro de ataques no arquipélago.

Por iG