Data de Hoje
26 October 2021

Vandalismo e roubos causam prejuízos; secretaria já gastou R$ 250 mil este ano

Vandalismo e roubos causam prejuízos; secretaria já gastou R$ 250 mil este ano
A Secretaria Municipal da Ordem Pública (Semop) já gastou, este ano, cerca de R$ 250 mil para repor a fiação e lâmpadas destruídas com o objetivo de minar a segurança em locais em que bandidos costumam atuar, em Salvador. Segundo o coordenador de Iluminação da Semop, Hélder Campos, os cabos de energia são levados para retirada do fio de cobre que têm um bom valor no mercado. O crime em geral é cometido por usuários de drogas que vendem o material para depósitos de ferro-velho. Na Superintendência de Trânsito e Transporte de Salvador (Transalvador) ocorrem problemas semelhantes com a fiação dos semáforos. Em 2013, o órgão teve mais de 1,3 mil metros de fios de cobre roubados, o que resultou em um prejuízo de R$ 25 mil e uma série de transtornos para os condutores e pedestres, por conta do não funcionamento dos equipamentos. Além disso, o órgão também tem que arcar com outros custos referente a roubos e pichações de placas de sinalização. A Limpurb também sofre com o problema. Os vândalos destroem, em média, 62 papeleiras e 73 contentores por mês. Também são frequentes os ataques a sanitários químicos. 
Facebook Comments