Data de Hoje
28 November 2021

Vaquejada anima município de Lagoa Real até domingo

650x375_lagoa-real-sao-joao-vaquejada_1526404

Começa nesta sexta-feira, 5, no Parque do Vaqueiro a 25ª Vaquejada de Lagoa Real, cidade a 735 km de Salvador. A expectativa é reunir cerca de 400 vaqueiros e mais de 800 cavaleiros na festa, uma das maiores manifestações culturais do sudoeste.



O evento termina no domingo, dia 7, tendo entre as atrações Almir Sater (sábado, 6) e a 25ª Missa do Vaqueiro, a ser celebrada pelo padre Ademar Cardoso. Este encontro religioso e folclórico terá início às 9h de domingo, no próprio parque, com a recepção aos encourados (homens e mulheres com roupas de couro, traje típico dos vaqueiros do Nordeste).



"Este ano a festa é especial, pois comemoramos as bodas de prata da vaquejada e da missa, bem como os 25 anos de emancipação política", afirmou o prefeito Francisco Jose Cardoso de Freitas, completando: "É um autêntico encontro de vaqueiros que mantém esta tradição passada dos mais velhos para os mais novos, como forma de relembrar sempre como foi a vida dos nossos antepassados".



Tradição familiar



De família admiradora de cavalos e vaquejadas, a empresária Fátima Menezes de Meira afirmou que desde a primeira edição da Missa do Vaqueiro de Lagoa Real "nós tivemos familiares presentes no evento. Eu comecei com 15 anos e já participo há dez anos. Quando meu filho for maior, também vou leva-lo", assinalou.



A expectativa é que a cidade receba 15 mil visitantes (o mesmo número de habitantes) nos três dias de festa, inclusive público proveniente de outros estados, como Pernambuco, Sergipe, São Paulo e Minas Gerais.



A premiação soma R$ 80 mil, sendo R$ 65 mil para os melhores vaqueiros profissionais e R$ 15 mil para vaqueiros amadores. Conforme informou o prefeito Jose Cardoso, "o município não entrou com nada destes valores, que serão pagos com o dinheiro das próprias inscrições". O encerramento será domingo à noite, com o típico forro pé de serra, de Zé de Chico.

Facebook Comments