Data de Hoje
29 July 2021

Veja vídeo: mulheres são agredidas após vizinho suspeitar violação de correspondência

Um prédio residencial em São Paulo passou por momentos de turbulência após um homem agredir a sindica, uma conselheira e duas moradoras por suspeitar que suas correspondências teriam sido violadas. A confusão aconteceu no sábado, 18, por volta das 9h, mas as envolvidas só receberam autorização para divulgar o caso nesta sexta (24).

Segundo o boletim de ocorrência, Tiago Coutinho e Rodrigo Coutinho foram os agressores. Apavorada, a síndica Solange Pollizi, 54 anos, conta que ainda foi ameaçada pelos irmãos: “Ele gritava que ia matar a gente: ‘eu vou matar vocês lá fora’. Ele socava, ele me chutava. Ele me chutava muito. Nós fomos guerreiras, uma defendia a outra.”

A síndica precisou tomar remédios para tratar as dores, mas ficou com marcas pelo corpo: Estou trêmula, não durmo de dor, estou tomando remédios por causa dele e fui e estou sendo ameaçada”.

Ela ainda conta que tentou ajudar a descobrir o trajeto das correspondências, que eram registradas: “Ela acusou a Maria José e depois passou pra mim. [Disse:] se você acha que fui eu vá na polícia, denuncie; pegue minhas impressões digitais no envelope”.

No vídeo aparece uma mulher, que, segundo a síndica, seria a mãe dos agressores, que teria se juntado aos filhos para participar da violência: “Ela não quis saber”.

Uma das moradoras agredidas expressou desejo de que a justiça seja feita: “A hora deles vai chegar. A justiça está aí pra ser feita”.

O caso está sendo investigado por uma delegacia em São Paulo, onde o boletim de ocorrência foi registrado.

Vídeo:

Facebook Comments