Data de Hoje
23 September 2021
Foto arquivo- Click Notícias

Vereador Gilmar Santiago diz que ‘não vai ter paz’ e cogita greve geral

O vereador Gilmar Santiago (PT), pré-candidato a prefeito de Salvador, cogitou greve geral no Brasil se, de fato, o impeachment da presidente Dilma Rousseff for consumado no Senado Federal. Em entrevista ao programa Uziel Tá na Área, com Evilásio Junior, na Rádio Vida FM (106,1), nesta segunda-feira (18), o edil teceu críticas à decisão da Câmara de aprovar admissibilidade no processo de impedimento.

“Agora estamos indo para as ruas. Se a oposição está achando que, passou o impeachment na Câmara, vai ser céu de brigadeiro, está enganada. Vão ter manifestações em massa dos movimentos sociais e do MST [Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra]. A expectativa é de greve geral nesse país. Não vai ter paz”, ameaçou.

O petista também admitiu que o partido precisou mudar quando assumiu o poder. “Na história dos partidos de esquerda do mundo, toda vez que chegam ao poder, há uma tendência de esses partidos virarem centro-esquerda. Isso aconteceu com o PT. Para muitos militantes, o partido migrou para o centro de forma incisiva. Isso reflete nas políticas de aliança construídas. A democracia representativa é insuficiente para dar representação ao povo. No sistema como o nosso, como governa? Elege o presidente, governador, mas não faz maioria na Câmara, na Assembleia, no Congresso. Infelizmente, você precisa fazer aliança”, afirmou.

Bahia. Ba
Facebook Comments