Data de Hoje
24 June 2021

Vereador Suíca participa de debate aos direitos dos trabalhadores de telecomunicações

No auditório da sede do Ministério Público do Trabalho na Bahia (MPT-BA), localizada na Avenida Sete de Setembro no Corredor da Vitória, em Salvador, ocorreu uma audiência pública onde foram debatidos os direitos dos trabalhadores de telecomunicações. O vereador Luiz Carlos Suíca (PT) destaca a necessidade de a Câmara Municipal acompanhar esse processo.

DSC_0099

Procurador do trabalho Bernardo Guimarães|Foto: Click Notícias

Estiveram presentes o presidente e diretora do Sinttel-Bahia, Joselito Ferreira e Edla Rios, o procurador do trabalho Bernardo Guimarães, coordenador do primeiro Grau do Ministério Público do Trabalho (MPT) na Bahia, onde o mesmo ressaltou que o Estado é o pior empregador, onde os bancos públicos são piores, em comparação aos bancos privados. Aproveitou e aconselhou aos sindicatos e representantes da categoria presentes que se profissionalizem, que cobrem seus direitos. “Se a fusão for prejudicial que seja cobrado e reivindicado”, disse. Também citou como exemplo a Europa, onde os trabalhadores estão sempre cobrando e lutando para melhoria de trabalho.

Respectivamente, além de representantes da Federação Nacional dos Trabalhadores em Telecomunicações (Fenattel), da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e das empresas GVT, Oi, Vivo, entre outras entidades.

O setor de teleatendimento cresce a cada ano e com isso é oferecido oportunidades de emprego, principalmente a jovens. Apesar do crescimento do setor, a luta cresceu também do SINTTEL e da FENATTEL – sindicatos e representantes dos trabalhadores em telecomunicação, porém a fusão das empresas de telecomunicação vem causando aspectos aos trabalhadores e a sociedade.

A motivação da audiência pública é exclusivamente do sindicato SINTTEL, onde o Vereador Suíca foi procurado para apoiar a categoria como forma de mediador por conta de o vereador ser representante público por estar sempre em contato com outras categorias.

O debate foi promovido pelo Sinttel, que representa os profissionais de telecomunicações na Bahia. O tema já é conhecido pelo MPT-BA, já que o setor lidera em número de ações trabalhistas na Justiça. Só em 2015, foram demitidos em todo o país mais de dois mil trabalhadores das empresas OI, Claro, Vivo e GVT.

Foram discutidas as fusões das empresas de telecomunicações brasileiras e os impactos provocados aos trabalhadores, o vereador destaca a importância de ter uma qualidade nos serviços e as condições de trabalho onde fatores que precisam ser discutidos de forma colaborativa entre atuais funcionários e dirigentes destas empresas, representantes sindicais e de movimentos sociais e, também, com os usuários de sistemas de telecomunicações.

DSC_0097

Vereador Luiz Carlos Suíca (PT) |Foto: Click Notícias

Em entrevista ao Portal Click Notícias, o vereador Suíca deixa claro alguns aspectos de direitos adquiridos, “existem alguns direitos já adquiridos pelos trabalhadores que eles se iniciaram na empresa GVT, por exemplo, com a passagem para a empresa VIVO a uma alteração em contrato onde alguns direitos foram perdidos, outros estão parando para ser negociado e um dos objetivos da audiência é esse: resolver e intermediar, entre trabalhador e empregador”, disse.

Por: Mara Silvany / Click Notícias

Facebook Comments