Data de Hoje
21 June 2021
Segundo a jovem, o abuso ocorreu na sexta-feira, 18, em um banheiro da universiadade (Foto: Divulgação / Uefs)

Vigilante é suspeito de abuso sexual dentro de universidade

A Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) investiga um vigilante de empresa terceirizada que presta serviço à Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), suspeito de abusar sexualmente de uma jovem de 20 anos, dentro do campus da instituição, na cidade, distante 109 km de Salvador.

A jovem, que não é aluna da Uefs, prestou queixa na delegacia nesta segunda-feira, 21. Conforme a delegada titular da Deam, Clécia Vasconcelos, a vítima contou que o abuso aconteceu na noite da última sexta-feira, 18. “A jovem relatou que por volta das 22h estava na universidade acompanhada de alguns amigos que são estudantes. Foi abordada pelo vigilante quando saía do banheiro. O homem a puxou pelo braço, pressionou o corpo dele contra o dela, e começou a praticar atos libidinosos”, detalhou a delegada.

Segundo Clécia, a jovem foi salva pela aparição de um dos colegas, que ao perceber a demora dela em retornar do banheiro foi à procura da moça. “Com a chegada do amigo, o homem soltou a vítima e em seguida saiu correndo”. O paradeiro do vigilante é desconhecido. 

A delegada informa que as investigações já foram iniciadas e que aguarda o comunicado da Uefs com o nome da empresa terceirizada para qual o homem trabalhava. A partir daí, a polícia fará uma diligência.

Em nota publicada no site, a universidade informou que abriu sindicância para investigar a acusação feita pela jovem, que formalizou a denúncia na Administração Central na tarde desta segunda.

A Uefs ainda confirma que a  BRK Segurança – empresa responsável pela segurança do campus – será notificada para apuração do caso e identificação do segurança que trabalhou no local e horários indicados pela denunciante.

Confira na na íntegra a nota emitida pela Uefs

A Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) vai investigar a denúncia de uma jovem que relatou ter sido vítima de abuso sexual por parte de um vigilante da empresa que presta serviço à Instituição, durante visita que fez ao Campus Universitário na noite de sexta-feira (18). A jovem formalizou a denúncia junto à Administração Central na tarde desta segunda-feira (21).

A jovem, que não é aluna da Uefs, ao contrário do que foi ventilado em redes sociais, relata que estava no Campus Universitário acompanhada de amigos, estudantes, e que, “por volta das 22 horas, ao sair do sanitário, o segurança reclamou do barulho e quando fui me desculpar, colocou as mãos em minhas partes íntimas, sem o meu consentimento e o abuso não prosseguiu por causa da interrupção dos meus amigos”.

A empresa responsável pela segurança do Campus será notificada pela Administração Central da Universidade para apuração da denúncia, inclusive a identificação e oitiva do segurança que trabalhou no local e horário indicados pela denunciante.

A Reitoria da Uefs lamenta e afirma que não vai tolerar fatos dessa natureza. A investigação será cobrada junto à empresa e às autoridades de segurança pública para que sejam esclarecidos os fatos e aplicadas as sanções previstas em lei.

Por Jefferson Domingos / A Tarde
Facebook Comments