Data de Hoje
18 July 2024

Vírus do ebola está fora de controle, afirma diretor da ONG Médico sem Fronteiras

ebola-patient

Os especialistas da ONG Médicos sem Fronteiras alertaram nesta última sexta-feira (20) que o surto de ebola que atinge a África Ocidental está fora de controle. De acordo com os especialistas, essa é a maior epidemia da doença já registrada.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) o vírus já matou 330 pessoas. Na última semana, foram registrada 47 casos suspeitos e 14 mortes. "A realidade é evidente que a epidemia está agora em uma segunda onda. E, para mim, está totalmente fora de controle", afirmou o diretor de operações da Médicos sem Fronteiras, Bart Janssens.

O diretor da ONG afirma que organizações internacionais e governos envolvidos precisam enviar mais especialistas em saúde e ampliar as campanhas educativas sobre como evitar a propagação da doença. “Chegamos ao nosso limite”, afirma Janssens. “Apesar dos recursos humanos e equipamentos já enviados por MSF aos três países afetados, não podemos mais enviar equipes para os novos locais onde a doença surgiu.” O diretor da ONG ainda diz que com o "surgimento de outras localidades afetadas na Guiné, em Serra Leoa e na Libéria, há um risco real de proliferação da doença para outras regiões". 

O país mais afetado com o ebola é a Guiné, onde o surto se iniciou há três meses. Até o momento, 264 pessoas morreram no país e outras 398 estão sendo tratadas da doença. Outros casos foram registrados em Serra Leoa e Libéria. A Serra Leoa já fechou suas fronteiras para evitar a expansão da doença. Ainda não existe uma vacina para combater o vírus, que mata 90% dos infectados. Seus principais sintomas são vômito e diarreia graves, febre e hemorragia interna e externa.