Data de Hoje
15 April 2021

Vitória bate o Curitiba de virada e sai em vantagem na largada da Sul-Americana

Foi na luta, mas o Vitória conseguiu vencer o Coritiba por 3 a 1 na noite desta quarta-feira, 8, no estádio Joia da Princesa, em Feira de Santana (distante a 109 km de Salvador). O Vitória chegou a estar perdendo por 1 a 0, mas fez a virada com gols de Juninho, contra, Marinho e Kieza – que voltou a marcar após sete partidas em branco.

Vitória agora tem uma difícil partida contra o Palmeiras domingo, 7, às 16h, na Arena Palmeiras. O Coritiba recebe a Ponte Preta em casa, também no domingo, às 16h.

Sem criatividade

O Vitória fez um primeiro tempo sem nenhuma criatividade. Kieza e Marinho praticamente não apareceram na etapa inicial. Cardenas era quem comandava o meio-campo, mas errava muitos passes, principalmente para a corrida de Dagoberto, que buscava a bola, mas não conseguia dar prosseguimento nas jogadas.

Com 8 minutos o Vitória teve a chance. William Farias invadiu a área e, sozinho, poderia ter mandado para o gol, mas preferiu tocar para Kieza, que perdeu gol incrível, sem goleiro. Para sorte dele, o juiz tinha marcado impedimento e o lance já não valia.

O rubro-negro insistia pela jogadas laterais, mas não conseguia êxito. Os melhores lances de gol foram do lado do Coritiba. Raphael Veiga arriscou de fora da área, rasteira, e Fernando Miguel, atento, defendeu. Yago perdeu duas chances, mandando uma bola na trave e chutando cruzado para fora.

Assim que o juiz apitou o intervalo, a torcida vaiou a equipe, insatisfeita com o rendimento em campo.

Susto no reinício

O segundo tempo mal começou e o Coritiba abriu o marcador. Aos 2 minutos, Carlinhos mandou a bola na área, na cabeça de Raphael Veiga, que subiu sozinho a marcou para o Coxa.

Quatro minutos depois, o time de Curitiba quase ampliou. Kazim cruzou fechado e Fernando Miguel espalmou nos pés de Raphael Veiga, que mandou uma bomba e Kanu botou a perna para impedir o gol.

Mancini viu o Coritiba crescer na partida e fez duas substituições: tirou Dagoberto e Amaral e colocou Vander e Flávio, respectivamente. O Coritiba se fechou e o rubro-negro baiano acabou empatando com um gol contra. Juninho tentou afastar a bola, acertou contra a própria meta, encobrindo o goleiro Wilson.

O empate deixou o jogo mais movimentado, com os dois times buscando o triunfo, já que o empate era ruim para os dois. Aos 33 minutos, o Coxa quase marcou. Em um contra ataque rápido, Fernando Miguel dá um toque no cruzamento e bola caiu na coxa de Kaxim, que mandou pela linha de fundo.

Aos 38, Wilson foi tentar driblar Kieza e perdeu a bola, que já tinha endereço certo para o gol, mas zaga do Coritiba cortou. E o gol da virada rubro-negra surgiu aos 42 minutos. Marinho mandou uma bomba no ângulo, sem chances para Wilson.

Kieza ampliou para o Vitória aos 48. Após confusão na área, bola sobrou para o atacante marcar e dar números finais à partida.

https://www.youtube.com/watch?v=sZBjerD7zMQ

Facebook Comments