Data de Hoje
3 August 2021

Vitória joga mal e perde para o Cruzeiro no retorno ao Brasileirão

Vitória joga mal e perde para o Cruzeiro no retorno ao Brasileirão

Foto: Cristiane Matos / Futura Press/ Estadão Conteúdo

 
O Vitória perdeu por 3 a 1 para o Cruzeiro nesta quinta-feira (17) , no Mineirão. Com o revés, o time Rubro-Negro acumulou sete partidas sem triunfos no Campeonato Brasileiro. A última foi contra o Fluminense no dia 3 de maio, no Rio de Janeiro. Agora, a equipe comandada pelo técnico Jorginho ocupa a 19ª posição no certame nacional.



O JOGO
 
O Vitória entrou em campo em busca de um resultado positivo para sair da zona de rebaixamento. Já o Cruzeiro, buscava somar pontos e assim ficar na liderança isolada do Campeonato Brasileiro.
 
O Cruzeiro tomou a iniciativa da partida. Aos quatro minutos, Éverton Ribeiro cobrou escanteio e mandou na cabeça de Marcelo Moreno, que exigiu grande defesa de Wilson.
 
Cruzeiro pressiona
 
Aos 11, Ricardo Goulart chegou pela direita, cruzou na pequena área, mas Wilson espalmou e a zaga do Leão afastou o perigo.
Ex-Vitória, Marquinhos descolou ótimo cruzamento para Marcelo Moreno aos 14 minutos. Ele cabeceou com perigo, mas a bola saiu pela linha de fundo.



O time Celeste teve uma boa chance em cobrança de falta aos 21 minutos. Éverton Ribeiro cobrou falta no capricho, mas a bola saiu pela linha de fundo.
 


Foto: Bruno José / Futura Press / Estadão Conteúdo


José Welison arrisca
O primeiro tempo foi praticamente um jogo de ataque contra defesa. O Vitória só conseguiu seu primeiro chute a gol aos 31 minutos com José Welison. Ele arriscou de longe, mas Fábio espalmou para a linha de fundo.  Na cobrança de escanteio, Richarlyson escorregou e à torcida do Cruzeiro pegou no pé do jogador, que passou pelo arquirrival Atlético-MG.
 
Mas o Vitória parou por aí. Depois do lance de José Welison o Cruzeiro continuou a comandar as ações da partida. Aos 36, Marcelo Moreno tentou duas vezes dentro da área, mas pegou de esquerda e a finalização saiu fácil para o goleiro Wilson. Aos 41, Éverton Ribeiro colocou a bola na área, mas Wilson afastou de soco.


Segundo tempo


O Vitória voltou mais ativo no início da segunda etapa. Aos dois minutos, Ayrton cobrou falta e lançou para a grande área. Alemão ficou com a bola, mas o zagueiro se atrapalhou e o lance ficou naquele bate-rebate. Manoel apareceu e afastou o perigo.
 
Aos 14 minutos, José Welison arriscou mais uma vez de longe, mas desta vez a bola foi para a fora.
 
Alemão marca contra
Quando o Vitória começa a sair mais para o jogo, sofreu o gol. Éverton Ribeiro cruzou na área e Alemão desviou de cabeça contra o próprio patrimônio.





Logo após o gol sofrido, o técnico Jorginho tirou Richarlyson e colocou Vander para tentar chegar ao empate. O meia-atacante até mostrou disposição, mas não conseguia passar pela forte marcação do Cruzeiro.
 
Cruzeiro marca mais dois
Depois de abrir o placar, o Cruzeiro voltou a dominar as ações do jogo. Aos 25, após cruzamento de Egídio, Ricardo Goulart aproveitou escorregão de Kadu e o vacilo de Danilo Tarracha, e cabeceou para o fundo das redes.
 
Aos 30, o time Celeste chegou ao terceiro gol. Éverton Ribeiro recebe de Goulart, pegou bonito na entrada da área e a bola ainda quicou no gramado antes de morrer no canto esquerdo de Wilson.



Ayrton diminui no final

Já no apagar das luzes, o Vitória diminuiu. Em cobrança de falta, o lateral-direito Ayrton cobrou com perfeição, sem chances para o goleiro Fábio.







FICHA TÉCNICA 

Série A – 10ª rodada
Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG) 
Data: 17 de julho de 2014, quinta-feira 
Horário: 21h (de Brasília) 
Árbitro: Péricles Bassols Pegado Cortez (RJ) 
Assistentes: Rodrigo F. Henrique Corrêa (RJ) e Eduardo de Souza Couto (RJ)

Cartões amarelo: Richarlyson, Alemão  e José Welison (Vitória).

Gols: Alemão (contra) e Ricardo Goulart | Ayrton


CRUZEIRO: Fábio; Ceará, Manoel, Léo e Egídio; Lucas Silva, Henrique, Éverton Ribeiro e Ricardo Goulart; Marquinhos (Dagoberto) e Marcelo Moreno (Júlio Baptista) .Técnico: Marcelo Oliveira


VITÓRIA: Wilson; Ayrton, Kadu, Alemão e Danilo Tarracha; Adriano, Josa, José Welison e Richarlyson (Vander); Caio (Willie) e Dinei. Técnico: Jorginho
Facebook Comments